A Revolta da Lantejoula é a décima obra criada por Ângelo Madureira e Ana Catarina Vieira. Todas as obras artísticas da dupla são resultado de um amplo processo de pesquisa, no qual a cultura popular ,o balé clássico, a dança contemporânea se reconfiguram em uma linguagem especifica, que não separa a teoria da prática. Neste trabalho, o grupo aprofunda a questão que foi levantada no trabalho de 2010 – “Baseado em Fatos Reais”: a memória do presente, pois não é possível voltar no tempo. Uma lembrança é constituída apenas de fragmentos do que se passou, e o corpo conta o que aconteceu no exato momento do agora. Em “A Revolta da Lantejoula”, a coreografia se constrói no momento em que se apresenta. Existem dois corpos: o corpo lantejoula, que é impulsionado pelo corpo fotográfico. A imagem vem das roupas bordadas com lantejoulas da cultura popular brasileira como, por exemplo, a capa do Caboclo de Lança (figura marcante da Cultura Popular do Estado de Pernambuco). Esse bordado escorre para a coreografia social, aquela que organiza nossa vida. Caldo de cana, ou apenas um “Efeito de Realidade”? É possível criar um efeito de realidade onde tudo o que acontece é o que realmente parece ser?  Como escapar de uma armadilha se você está dentro dela?  É possível ter um olhar de fora, estando dentro? Como criar uma outra história, da historia conhecida? Como deixar visível, o que está invisível?  Corpos lantejoulas e suas histórias, impulsionados pelas imagens de outros corpos, formando corpos cenográficos, emaranhados em uma rede de estados corpóreos. Porque “A  Revolta da Lantejoula” ? “Talvez porque com apenas uma única lantejoula você não enxerga o bordado, mais cada lantejoula é importante para que o bordado seja visto”. Estreou na Bienal Internacional do SESC de Santos, foi apresentado no Ano do Brasil em Portugal no Teatro Carlos Alberto na cidade de Porto e na Croácia, no Festival Queer Split  de 2013.


Para o vídeo completo contatar: anacatarinavieira@dancacontemporanea.com.br
For the full video please contact / Pour la vidéo complète s’il vous plaît contacter: anacatarinavieira@dancacontemporanea.com.br

Direção artística, pesquisa, coreografia e preparação corporal: Ângelo Madureira e Ana Catarina Vieira  Direção técnica, administração e iluminação: Juliana Augusta Vieira  Elenco colaborador: Beto Madureira, Ana Catarina Vieira, Ângelo Madureira  Figurino: Gustavo Silvestre e Luiz Parisi  Trilha sonora e roteiro: Ângelo Madureira  Instrumentos e música ao vivo: Beto Madureira  Música: Concerto para Violino e Orquestra n.III – Philippe Glass  Sonorização: Fabio Luchs  Cenografia: Juliana Augusta Vieira  Adereço cenográfico: Juliana Augusta Vieira, Carmem Guerra, Gustavo Silvestre e Beto Madureira  Produção, comunicação e assessoria de imprensa: Iara Maria Vieira  Direção geral: Ana Catarina Vieira